Treino do #desafioespacate

Olá! É primeiro de abril mas não é mentira! Aqui está o treino que você deve fazer TODOS os dias, são só 5 minutos e como é um treino leve, você não vai ficar muito dolorido (a) e quanto mais você treinar, menos vai doendo (mas sim, sempre dói porque estamos forçando a musculatura mais do que ela está acostumada.

Antes vou falar um pouquinho da técnica: essa técnica não é minha, eu sempre pesquiso muito sobre pole, yoga e alongamento e um dia foi sugerido um vídeo pra mim da Mari do Ballet Online, era um desafio, como esse que estou propondo a vocês. Eu resolvi tentar, afinal, todo conhecimento é válido. Eu tinha um problema com o meu espacate, às vezes eu conseguia e às vezes não conseguia. Fiz esse desafio e mantive o alongamento diariamente (ok, nem sempre consigo, mas pelo menos 5x na semana) e com isso consegui o que eu queria, que era escorregar e abrir um espacate, não perdi mais meu alongamento e o mais importante: nunca mais me lesionei treinando.

A teoria por trás desse treino é que (versão resumida): quando você aquece muito seu corpo antes de treinar, você vai sentir menos dor e com isso vai forçar mais o corpo, podendo, numa forçadinha a mais, se lesionar. Então para esse treino não precisa de aquecimento nem preparo, com isso você segura o seu alongamento no ponto do seu limite de dor. Pode ser que a sua amplitude de movimento seja menor no começo, por causa do corpo frio, mas é assim mesmo.

Essas são as posições para o treino, a 2 (a) é para quem ainda não consegue esticar a perna da frente.

Vamos ao treino então, é muito simples: todos os dias você vai fazer 3 posições dessas das fotos (lembrando a 2 e a 2(a) são a mesma coisa para níveis diferentes), segurando 1 minuto em cada posição e fazendo com as duas pernas na frente (na foto só está uma, mas tem que fazer com as duas).

Então é isso: terminou de ver aquela série, ler um livro, qualquer coisa, vai lá, 5 minutos na ordem que preferir: 1-espacate perna direita, 2-espacate perna esquerda, 3-sapinho (foto 1), 4-espacate negativo perna direita (mesmo quem não tem o espacate zerado tem que treinar o negativo, pode ser um joelho no chão e outro em um banquinho, lateral da cama, rodinha como a minha, bloquinhos, livros, qualquer coisa que não seja mole) 5-espacate negativo perna esquerda.

Bora? É fácil, mas precisa de disciplina e determinação. O fato de ser pouco tempo eu acho que ajuda bastante.

Já postou sua foto do primeiro dia? Quero muito ver os resultados.

Obs.: Pra quem se interessar em dar uma olhada nos vídeos da Mari, vou deixar o link aqui.

Nas aulas de pole dance do estúdio V treinamos espacate sempre, quer experimentar? é só clicar aqui.